13 de dezembro de 2016

Quem realmente sou ?

Todos os dias acordamos, vivemos novas experiências, criamos novos pensamentos, fazemos novas coisas e despertamos novos gostos. Mais você já parou em algum momento na sua vida pra saber quem você é?  Por acaso você já parou para conhecer profundamente o seus estilos, aquilo que te faz feliz, quem você realmente é,e o que te faz diferente das outras pessoas do mundo? Muitas vezes nós nos perdemos nas situações do nosso cotidiano por ter se perdido da nossa própria essência, e consequentemente fazendo com que tudo fique mais difícil de ser resolvido. Talvez essa é a chave para a suas confusões, tristezas, problemas entre várias outras coisas que estão te fazendo mal. Pode ser pela simples falta de ser você mesmo. Pois é essa dispersão do seu próprio eu que está te sufocando cada vez mais.
Todos nós precisamos parar em algum momento para se sentir mais si mesmo, se sentir livre de falsos eus. Pode parecer fácil mais se conhecer profundamente é mais difícil do que pensamos. Faça disso a sua caça ao tesouro, mais de um tesouro disperso que é encontrado separadamente. Já chega de tentar conhecer quem está mais a sua volta, do que a si mesmo. Por algum momento esquece das pessoas do mundo a fora e foca simplesmente no seu próprio mundo, no mundo aonde está guardado as suas histórias, sonhos, felicidades, erros e os seus amores. Tente fazer uma retrospectiva e vai resgatando aquilo de bom que você já foi e junte com aquilo de bom que você é e vai ser futuramente. 
É em no nosso eu mais profundo e no silencio que encontramos nossa paz, nosso verdadeiro sentido, nós mesmos de cara limpa.

      Maria Emanoely

6 comentários:

  1. Se conhecer e se amar é o melhor bem que podemos fazer a nós mesmos. Quando fazemos isso nos libertamos de todas as situações das quais nos permitimos nos prender e temos a oportunidade de nos olhar com outros olhos

    ResponderExcluir
  2. Talvez esse seja o maior desafio, enquanto seres viventes: conhecer a si mesmo. Levando em consideração que estamos sofrendo constantes mudanças, ao menos saber identificar quais são elas. Bom pensamento. Parabéns pelo blog!

    https://lisadorme.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Amei o texto!
    Desde o ano passado, depois de um término de namoro doloroso, eu me vi perdida de mim mesma. Foi então que decidi me reencontrar, me redescobrir, pois eu não era mais eu, bem como tu disse, me perdi nas situações do cotidiano. Desde então, parei para refletir mais. Hoje, as pessoas dizem que sou uma nova Gabriela, bem mais centrada e focada no que quer. Que tem ciência de quem é, do que gosta, do que quer pra si... Foi com essas palavras que comecei a perceber o significado e valor de se conhecer de verdade. Pois, muitas vezes, nós achamos que nos conhecemos, mas de fato, na maioria das vezes, não conhecemos.


    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...